terça-feira, 8 de novembro de 2016

TRECHO ZERO

IGNÁCIO DE LOYOLA BRANDÃO

70b60a60-7fa4-11e4-9b1d-95fd0b473187_mulheres046-130501

“Eu fico puto da gente ir aceitando assim, por aceitar, porque está pronto, não precisa mexer. Na verdade, não é bem puto, eu fico confuso, me atrapalha. Às vezes, para mim, uma coisa é quatro e não sete, como eles estão dizendo, mas eles não podem ver como eu posso, que ela é quatro. Eu sinto dentro de mim a linguagem das coisas me dizendo: eu não sou isso, sou aquilo. E tenho que acreditar nas coisas, sejam pedras, paus, plásticos, ferros, papel, flores, o que for.”

Nenhum comentário: