terça-feira, 24 de janeiro de 2017

TRECHO NATIMORTO

Lourenço Mutarelli

filmes_1412_Natimorto-9

Quando eu era criança a casa da minha avó tinha um poço velho desativado (…) o poço ficava coberto. Eu e os meus primos, a gente ia todo domingo à casa da minha avó, a gente adorava brincar naquele quintal. Um dos meus tios pra manter as crianças afastadas do poço dizia que lá no fundo tinha um monstro. A gente acreditava, coisa de moleque. Até que um dia meu primo acabou caindo no poço. Levou um certo tempo pra tirar ele do poço, por sorte ou por azar ainda tinha um pouco de água no fundo do poço, a água amorteceu a queda dele mas com a luz que entrava no poço refletia na água ele acabou vendo a própria imagem. Quando ele conseguiu sair de lá eu perguntei pra ele ‘então como é o monstro?’ ele me disse 'ele é como todos nós, todos somos monstros’.

Nenhum comentário: